Correr no inverno

O que acontece com o corpo quando corremos no frio?

Quando a temperatura externa cai, nosso corpo reage, contraindo os vasos sanguíneos periféricos, diminuindo o fluxo sanguíneo para os membros (braços e pernas), e redirecionando-o para as regiões centrais, que são vitais.

Com menos sangue circulando entre os músculos, eles ficam mais rígidos, tem menos elasticidade e menos potência. Por isso, quando corremos no frio, geralmente, sentimos as pernas mais doloridas. Além disso, aumenta o risco de lesão por estiramento (rompimento) das fibras musculares, principalmente se a exposição ao frio for prolongada.

Para o Dr. Paulo Roberto Santos-Silva, PhD, responsável pela área de fisiologia do Exercício do Laboratório de Estudos do Movimento do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da USP, se exercitar no frio intenso é uma das condições fisiológicas mais estressantes para o corpo humano.

Segundo ele, “baixas temperaturas exercem maior carga sobre o seu metabolismo. Quando as temperaturas caem, a pressão arterial aumenta, pois o sangue é retirado da superfície da pele e isso coloca pressão extra sobre o coração”.

A importância do aquecimento

No inverno, fica muito mais evidente a importância de realizar um bom aquecimento antes das corridas.  Com ele, o organismo começa a regular a dilatação dos vasos sanguíneos, principalmente na região do tronco, para reduzir a perda de calor corpóreo; o fluxo sanguíneo para as pernas aumenta, gradativamente, aumentando também a viscosidade dos músculos e das articulações.

Portanto, aquecer protege os músculos, as articulações e todo o nosso corpo. Não abra mão do aquecimento antes de correr!

 O que vestir para correr em dias frios?

Corredor no frioComo eu escrevi no post Correr em dias frios: como vencer a preguiça?, eu já virei “o cara que corre de calça e blusa”. Eu sinto muito frio e prefiro me agasalhar a sentir o corpo gelado.

A sensação de frio varia de pessoa para pessoa, mas os cuidados com a saúde são primordiais a todos. 

Segundo Ricardo Zanuto, mestre em fisiologia humana pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, “Se a temperatura for muito baixa, é recomendado usar camiseta de manga comprida, gorro e, se necessário, até luvas”. O importante é se agasalhar, mas sem exagero.

Evite roupas pesadas. Várias camadas de roupas leves ajudam mais a manter o calor do corpo e podem ser retiradas, uma a uma, caso sinta necessidade de reduzir a temperatura, durante a corrida.

Dê preferência aos tecidos sintéticos, que conduzem a umidade para fora, secando mais rapidamente. Evite roupas de algodão, pois logo ficam molhadas de suor e perdem cerca de 90% da capacidade de isolamento térmico, aumentando a sensação de frio.

E lembre-se, a maior parte da temperatura corporal escapa pelas mãos, pés e cabeça. Então, com frio intenso, proteja-se! Invista em luvas, meias e gorros.

Ah…, ao fim do treino, não fique muito tempo com as roupas molhadas e geladas para evitar hipotermia.


Sua opinião e suas sugestões são muito importantes para fazer esse blog ainda melhor. Conto com sua participação.

Aproveite o campo abaixo, ok!

Ah.. curta, comente, compartilhe e volte sempre!

Gratidão!

Fabio Frasson

Fabio Frasson

fabio.frasson@yahoo.com.br

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>