Postura para correr

A Postura durante a corrida

A Postura Correta melhora o desempenho e previne dores e lesões

A gente aprende a correr logo depois de aprender a andar. Meio desengonçado, desequilibrado, com movimentos atrapalhados. Com o tempo, felizmente, melhora um pouco, né?! Mas basta observar os participantes de qualquer corrida para ver que, cada um tem uma postura diferente, um jeito próprio de mover os braços, o quadril, as pernas, o corpo todo. Até aí, tudo bem. Somos todos diferentes, mesmo. Mas a postura inadequada e a má coordenação dos movimentos pode, não apenas influenciar no desempenho durante a corrida, mas provocar dores e lesões.

Postura para correrÉ preciso considerar que correr é colocar o corpo em movimento, e que todo movimento consome energia. Como nosso corpo não é uma fonte inesgotável, quanto menos energia gastarmos em cada passo, melhor, certo?! Então, temos que fazer com que cada parte do nosso corpo seja utilizada a favor da corrida, relaxando ou contraindo no momento certo, na direção certa. Assim, aproveitamos melhor a energia despendida, correndo melhor e cansando menos.

Muita gente corre, gingando o corpo para os lados; isso, além de dificultar o objetivo de ir para a frente, pode causar dores no quadril e nas costas. Outros impulsionam o corpo mais para cima do que para frente, gastando suas forças, quase sem sair do lugar. Há ainda os que chapam os pés no chão, aumentando o impacto, principalmente nas articulações, sem aproveitar a elasticidade dos músculos que funcionariam como uma mola, lançando o corpo à frente.

Sei que não é fácil mudar o jeito como nos movimentamos, o jeito como corremos. Mas é preciso! E o primeiro passo é a consciência, é prestar atenção em nós mesmos. Afinal, o objetivo é correr, seja pra longe, seja rápido, seja pra longe e rápido, mas sem dor e com o menor cansaço possível, não é mesmo?!

Dicas de postura e movimentos adequados durante a corrida

Postura para correr1- Mantenha o tronco ereto (alinhado com os ombros, pescoço e quadril), levemente inclinado para frente. Cuidado para não curvar-se. Isso, além de provocar dores, prejudica a respiração.

2- Relaxe os ombros, os braços e as mãos. Evite contrair, desnecessariamente, a musculatura. É comum vermos corredores com as mãos fechadas, apertando os dedos, tão contraídos que até os ombros se curvam para a frente. Essa atitude, além de gastar energia, aumenta a tensão, causa dores e dificulta o trabalho do sistema respiratório, levando à fadiga.

3- Corra com a cabeça erguida, olhando para a frente. Lembre-se: o pescoço faz parte da coluna. Mantenha-o ereto, alinhado ao tronco. Olhar para baixo tensiona não apenas o pescoço, mas os ombros e as costas. Consequência? dores, claro.

4- Deixe as mãos relaxadas, levemente fechadas, e os braços flexionados à, aproximadamente, 90º. Movimente-os de forma natural, harmônica, coordenada com os movimentos das pernas, como um pêndulo ao lado do tronco. Isso, além de ajudar no equilíbrio, contribui para aumentar a impulsão durante a corrida. Evite cruzar os braços à frente do tronco Postura para correrdurante os movimentos e cuidado para não exagerar na amplitude desses movimentos. Em ambas as situações, você perde eficiência no impulso para frente, gasta mais energia e aumenta o risco de dores.

5- O joelho deve estar levemente flexionado quando seu pé tocar o solo, reduzindo o impacto sobre a articulação.

6- A entrada dos pés no chão deve ser feita com a parte média e não com o calcanhar, aproveitando melhor o movimento para a passada seguinte e reduzindo o impacto.


Sua opinião e suas sugestões são muito importantes para fazer esse blog ainda melhor. Conto com sua participação.

Aproveite o campo abaixo, ok!

Ah.. curta, comente, compartilhe e volte sempre!

Gratidão!

Fabio Frasson

Fabio Frasson

fabio.frasson@yahoo.com.br

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>