corredor sentindo tontura durante a corrida

Tonturas durante os treinos e corridas

É muito comum ouvirmos relatos ou presenciarmos situações de corredores sentindo tonturas durante os treinos e corridas. Não deveria ser assim, mas a falta de informação e os maus hábitos contribuem muito para a incidência do problema.

O que causa tontura durante a corrida?

corredor sentindo tontura durante a corrida

Foto: Latinstok

Não há uma única causa. Na verdade, muitas são as hipóteses: escassez de oxigênio, pressão baixa, desidratação, falta de alimentação ou ingestão de alimentos inadequados,  hipoglicemia, “overtraining”, entre outros.

Alimentação Inadequada

Quando corremos ou praticamos qualquer outro exercício, nosso corpo consome muito mais energia do que durante as atividades cotidianas. Essa energia provém dos alimentos, certo?! Então, fica fácil entender que precisamos “abastecer nosso tanque” com a quantidade suficiente e o tipo adequado de “combustível”. Caso contrário, o organismo terá que tirar energia de outras partes do corpo; aí…. pane geral!! Quadros como hipoglicemia (baixo nível de glicose na corrente sanguínea) são provocados, por exemplo, quando a alimentação é insuficiente para produzir a energia necessária para o esforço que está sendo executado. Os principais sintomas são tontura, mal estar e suor frio. O consumo de doces, pouco tempo antes de correr, pode levar ao mesmo quadro. Isso porque, ao lançar na corrente sanguínea um volume excessivo de açúcar, forçamos o organismo a produzir grande quantidade de insulina. Embora esse hormônio tenha a função de metabolizar a glicose, retirando-a do sangue e transportando-a para os músculos, gerando energia, quando a glicose acaba rapidamente, pode provocar a mesma sensação de mal estar e tontura.

Alimentar-se bem, sempre, melhora o desempenho de todo o organismo e ajuda a evitar desconfortos. Evite ficar em jejum por muito tempo, principalmente se for praticar qualquer atividade física. Se possível, consulte um nutricionista para adequar sua alimentação às necessidades de energia do seu corpo.

Desidratação

Outro vilão do nosso organismo é a desidratação. Em condições normais, pouco nos preocupamos com isso, não é?! Mas quem de nós consegue completar um longão, domingo de manhã, num dia ensolarado, sem chegar “ensopado” de suor? Quando o corpo esquenta, o suor funciona como um radiador de automóvel, refrigerando nosso “motor”. Mas se faltar água…. “trava tudo!”. Cãibras, tonturas e enjoos são algumas das consequências da desidratação.

Beba Água! Todo o seu corpo funcionará melhor se estiver bem hidratado. Mas lembre-se: hidratar-se não significa beber muuuuuuuuuuuuita água. Afinal, tudo em excesso faz mal!  E quando for correr, procure hidratar-se adequadamente, até meia hora antes.

Esforço Excessivo

De acordo com Carla Leonel, autora do livro Medicina – Mitos & Verdades, durante a atividade física, os músculos recebem grande quantidade de sangue. Em contrapartida, ocorre a redução do fluxo sanguíneo da região gastrointestinal, o que pode causar tonturas, vômitos e diarreia. Uma das dicas da autora é “Não exagere. Os enjoos e vômitos são um aviso do seu corpo pedindo para você parar. Aumente gradativamente a intensidade do treino. Tudo que é em excesso não é saudável, inclusive atividades físicas.”

Baixo nível de condicionamento físico

Quando praticamos uma atividade como a corrida, o ritmo respiratório se altera; respiramos mais rapidamente para suprir a demanda de oxigênio do organismo. No entanto, quando o nível de condicionamento físico ainda não é adequado ao esforço, ocorre um desequilíbrio entre a inspiração do oxigênio e a expiração do dióxido de carbono, num fenômeno conhecido como hiperventilação.

A Wikipedia define hiperventilação como “o aumento da quantidade de ar que ventila os pulmões, seja pelo aumento da frequência ou da intensidade da respiração“. Muitos fatores podem causar a hiperventilação. A prática de exercícios físicos, como a corrida, é um deles.

Dentre os sintomas da hiperventilação temos a tontura, o formigamento, as dores abdominais, entre vários outros.

Respeite seu corpo e treine, treine, treine, treine e, principalmente, diviiiiiiiiiiiiiirta-se correndo!


Sua opinião e suas sugestões são muito importantes para fazer esse blog ainda melhor. Conto com sua participação.

Aproveite o campo abaixo, ok!

Ah.. curta, comente, compartilhe e volte sempre!

Gratidão!

Fabio Frasson

Fabio Frasson

fabio.frasson@yahoo.com.br

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>