corrida no calcadao de frente para o mar

Fim de ano: treinar ou descansar?

Com a chegada das festas de fim de ano, fica sempre a pergunta:

Será que devemos continuar treinando…

…ou é preciso parar para descansar o corpo, depois de uma longa temporada de corridas?

Correndo no calcadao em frente ao mar

A resposta correta não é muito esclarecedora: DEPENDE!

Não, não fique chateado comigo. Não vou ficar em cima do muro. Mas, realmente, a decisão entre correr ou descansar depende de vários fatores, principalmente, do seu corpo. Seu maior foco deve ser sempre RESPEITAR O SEU CORPO.  E respeitar inclui observar, entender, exigir dentro dos limites, buscar a evolução com cuidado e descansar quando necessário.

Se você está lendo esse post, provavelmente, seja como eu; um atleta amador, apaixonado por corrida e curioso, interessado em evoluir. Talvez, também como eu, tenha participado de várias provas ao longo do ano, com distâncias diversas, com o intuito principal de fazer o que gosta, vencendo seus próprios recordes. Talvez você siga uma planilha de treinos, bem elaborada, talvez não; talvez tenha orientação profissional, talvez não; talvez tenha feito treinos puxados, exigido bastante do seu corpo, talvez não; talvez tenha feito treinos intervalados (treinos de “tiro”), fartleck e longões ou talvez apenas tenha saído pra correr, num ritmo confortável, curtindo a paisagem; talvez tenha participado das provas brigando com o cronômetro, talvez não. Enfim, talvez tenha exigido muito de si mesmo, talvez não. E é a isso que eu me referia quando respondi que “DEPENDE”. E depende ainda de outros fatores como objetivos para a próxima temporada, atual estado de condicionamento físico, há quanto tempo não faz uma pausa de alguns dias ou semanas, etc, etc, etc.

Quer saber o que EU vou fazer nesse final da temporada 2016? Não? ups…., pule o próximo parágrafo! rsss

Dores nos joelhos me fizeram parar por uns dois meses no final de 2015. Comecei 2016, sem ritmo de corrida, sem fôlego, sem resistência muscular, mas com uma meia maratona marcada para fevereiro. Intensifiquei os treinos e consegui fazer meus primeiros 21km, muito feliz. Pouco depois, parei mais uma vez para uma pequena cirurgia; e lá se foram mais 3 meses parado. Voltei a treinar em junho, correndo atrás do tempo e da resistência que foram perdidos. Estou correndo num ritmo agradável, sem lesões e sem cansaço. Minha temporada, praticamente, começou há 6 meses. Então, vou parar por quê? É claro que o ritmo de vida fica meio maluco nessa época do ano, a alimentação fica mais pesada, a rotina de treinos muda, mas pretendo continuar correndo, respeitando meu corpo, com distância e ritmo confortáveis, mantendo meu condicionamento físico e minha saúde em dia.

Então, sinta o seu corpo; sente dor ou desconforto? descanse! Sente-se bem? mantenha-se ativo! A intensidade? Depende! rsss.

Brincadeiras à parte, manter o corpo ativo, mesmo que seja com um trote de 30 minutos no calçadão à beira-mar, ajudará a manter seu condicionamento físico, para iniciar 2017 com o pé direito.

Agradeço a você por acompanhar o blog Loucos que Correm e desejo que 2017 seja um ano extraordinário, com muita saúde, paz, amor, sucesso, resistência, velocidade, quilômetros de vantagem (ups… isso é campanha de posto de gasolina, rsss).

FELIZ 2017!! Até a próxima corrida!


Sua opinião e suas sugestões são muito importantes para fazer esse blog ainda melhor. Conto com sua participação.

Aproveite o campo abaixo, ok!

Ah.. curta, comente, compartilhe e volte sempre!

Gratidão!

Fabio Frasson

Fabio Frasson

fabio.frasson@yahoo.com.br

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>